1 PANTALONA x 5 LOOKS.

Atualizado: 13 de Set de 2018

Você já foi desafiada à usar uma mesma pantalona durante 5 dias seguidos? Eu sim! E aqui conto como foi.

Achei que seria difícil, por que não queria escolhas óbvias, mas logo que comecei a pensar nas combinações, vi que tinha opções pra muito mais do que 5 dias.

Eu sou consultora de estilo e além disso gosto de usar a criatividade para me vestir e testar combinações novas e diferentes. Essa é uma calça que uso muito de verdade, mas mesmo assim, só depois do desafio, consegui pensar em coisas novas. E aí separei 2 dicas que é para levar para a VIDA:


1. Você só vai conseguir criar boas e novas combinações testando. Fazendo e vendo se gosta ou não. Esteja aberta e se olhe de forma diferente do que está acostumada. Se sentir dificuldade, comece aos poucos, com um acessório, sapato, uma make diferente. Depois junte tudo, use aquela blusa que nunca imaginou com aquela acalça e vá testando. Tem uma hora que começa ficar fácil, fluir. E ai aquele drama "aiiiií que saco, não tenho nada pra vestir" perde o lugar para : "olha que legal fica com essa, e mais essa…e agora? qual de todos esses looks lindos maravilhosos vou escolher hoje? “. Juro que é assim. Foi assim comigo nesse desafio.

2. Tente entender o que essas peças significam para você e o que você quer comunicar. No meu caso foi assim:

A pantalona normalmente é uma peça mais “arrumada”, considerada mais formal. A minha é de um algodão/ jeans bem leve, um azul claro e a barra dela é curta por que uso com tênis e sapatos baixos, o que deixa ela um pouco mais informal.

Sabendo disso, usava as outras peças para deixa-lá mais ou menos formal, criativa, esportiva, interessante, poderosa, discreta; de acordo com o que eu tinha de programação para o dia e de como eu gostaria de me sentir . No final do texto falo de cada um dos dias.

IMPORTANTE :USE SEMPRE A SUA REFERÊNCIA, NÃO A DO OUTRO.  

Para mim, estar bem com o que eu escolhi vestir é estar genuína, de acordo com meu estilo e personalidade. Devemos considerar o ambiente e o propósito para o que nos vestimos, mas essa não deve ser a prioridade, okaaaay?

O que eu achei mais legal do desafio :

  1. Exercitar a criatividade e criar novas opções é como comprar coisas novas, como multiplicar o guarda roupas.

  2. Conseguir ver que não precisamos de tantas roupas. E que as roupas que já temos super funcionam em várias ocasiões da nossa vida. Moda consciente e inteligente que fala ?

  3. Ter um tempo para pensar em nós e nos conhecermos mais um pouco. Olhar nossas roupas e ver através delas. Se perguntar : por que me sinto linda assim e em tanto da outra forma ? Qual sentimento desperta em mim? O que me fez comprar essa peça que eu nem gosto e por que eu amo tanto essa outra aqui?! E depois que você descobre o que gosta, sente , quer ser, tudo vai ficando mais fácil. Menin@, garanto que é quase uma terapia. Muito bom!

  4. Perceber que não precisamos lavar roupa todas as vezes que as usamos. Se elas estiverem limpas e usáveis, use novamente. A minha durou os 5 dias. Lavar nossas roupas da forma que fazemos hoje, gasta muita água, energia, polui (produtos químicos do sabão, amaciante, etc), acaba com a roupa e com nosso tempo.

E agora vamos para os looks:

Dia 1: trabalhei de casa, fiz mil funções na rua e tava super quente. Escolhi priorizar conforto com tênis e body. Colorido - e da minha cartela de cores- por que não queria estar basicona. E acessórios mais pahhh para trazer interesse pro look.


Dia 2: Usei colete como blusa. Semi-fechado com lingerie aparecendo para alguns momentos e com ele total fechado fazendo uma gola alta para outras que não queria estar tão sensuelen. Como achei que as core estavam muito neutras, escolhi bota animal print e colar que deu um tchan.


3. O dia estava frio e a prioridade era estar quentinha. Blusa de gola por baixo + Trench Coach. Queria uma graça e deixei a manga branca aparecendo. Era um dia que eu queria estar mais básica, funcionou bem. Mas poderia ser uma blusa de cor, estampada, bota colorida, acessórios e aí já daria outra mensagem pro look.


4. Definitivamente as cores e cortes mais “fofos” não traduzem meu estilo. Mas escolhi 3 peças fofas e da mesma cor : blusa de um ombro só com babado, casaco bem longo e de lã e mule baixo ( mas que tem um charme pois tem salto vermelho) . Quis deixar interessante justamente por terem a mesma cor e o casaco ser super amplo assim como a pantalona. Não é o mais usual e por isso que amei. No meio do dia, coloquei tênis branco pra bater perna e ficou suuuper cool. ___ perceba que aqui falo do que gosto e não gosto e como usei isso para escolher como sair naquele dia. Isso é autoconhecimento. Melhor ferramenta para a vida toda e em todos os sentidos.


5. Tava me achando. Amo essa blusa verde, amo a cor, o corte, o tecido, os detalhes. Amo que comprei ela em um brechó, amo que fiz uns ajustes e deixei como eu queria. Roupa com história e com a minha história. Coloquei com acessórios que eu considero mais “finos" e aproveitei que já estava colorida e fiz uma combinação de cores complementares na sandália e batom x blusa.

E ai ? Vai se desafiar também? Não precisa ser pantalona, não precisam ser 5 dias. Mas separe 30 minutos pra você qualquer dia desses e faça esse exercício. Te garanto que vai render e que vai amar!!!

Depois me conta? Beijos !!!

Mano Daffre

MODA CONSCIENTE // COM PROPÓSITO  //  +SUSTENTÁVEL 

MANO DAFFRE

  • instagram manoela daffre
  • manoela daffre YouTube
  • facebook manoela daffre
  • White Pinterest Icon